• Compartilhar

LOTE 004

ÁREA DE TERRAS COM VÁRIOS PRÉDIOS EDIFICADOS EM CAMPO BOM

(01) Um prédio industrial de alvenaria, medindo (1.015,74m²), com o n° 5955 da Estrada Estadual RS – 239, concluído no ano de 1984, com um aumento industrial de alvenaria, medindo (133,59m²), concluído no ano de 1989, outro prédio industrial de alvenaria (próprio para transformador), medindo (25,20m²), com o n° 5955 da Estrada Estadual RS – 239, concluído no ano de 1989, outro prédio residencial de alvenaria (próprio para casa do zelador), medindo (60,84m²), com o n° 5955 da Estrada Estadual RS – 239, concluído no ano de 1989, e a respectiva área de terras, de forma trapezoidal, situada na zona urbana, na Zona Industrial Norte do Plano Diretor de Campo Bom, com a área superficial de 33.200,00m², partindo do ponto F, de coordenadas 491.713.539;6.718.798,842, seguindo com (85,23m) de largura na frente ao sul, sobre a Estrada Estadual RS – 239, lado ímpar, acompanhando o alinhamento da referida estrada até o ponto A, de coordenadas 491.791.359;6.718.824,770, seguindo com (444,865m) de frente a fundos, confrontando-se ao leste com terras de Willibaldo Kinkel, também conhecido como Willy Hinkel até o ponto B, de coordenadas 491.850.433;6.719.265.595, seguindo por (100,147m), confrontando com propriedade de Aspar – Assessoria e Participações Ltda., até o ponto E, de coordenadas 491.745.482;6.719.212,610 e seguindo (417,465m) até o ponto F, confrontando a oeste com ditas de Mário Edgar e de Frederico R. Martini, fechando o perímetro, sendo a referida área de terras com (77,00m) de largura. Sendo que, desta área de terras (4.571,000m²) está sobre a Estrada Estadual RS – 239. Conforme AV. 1.21.712: Foi construído outro aumento industrial de Alvenaria (2º pavimento), medindo (212,77m²), regularizado no ano de 2010, outro prédio industrial de Alvenaria, medindo (625,34m²), com o n° 5955 da Estrada Estadual RS-239, concluído no ano de 1989, com um aumento industrial de Alvenaria medindo (460,16m²), regularizado no ano de 2010; outro prédio industrial de Alvenaria (Estacionamento), medindo (256,25m²), com o nº 5955 da Estrada Estadual RS-239, concluído no ano de 1990, outro prédio industrial de Alvenaria (Garagem), medindo (88,66m²), com o nº 5955 da Estrada Estadual RS-239, regularizado no ano de 2010, outro prédio industrial de Alvenaria, medindo (982,84m²), com o nº 5955 da Estrada Estadual RS – 239, concluído no ano de 2005, um telheiro de madeira (abrigo pedestre), medindo (76,22m²), com o nº 5955 da Estrada Estadual RS – 239, regularizado no ano de 2010, outro prédio industrial de Alvenaria (guarita), medindo (9,12m²), com o nº 5955 da Estrada Estadual RS – 239, regularizado no ano de 2010, outro prédio industrial de Alvenaria (depósito), medindo (53,78m²), com o nº 5955 da Estrada Estadual RS – 239, regularizado no ano de 2010. Tudo conforme matrícula n° 21.712, Fls. n° 01, do Livro nº 02, do Registro de imóveis da comarca de Campo Bom/RS. Avaliado em R$ 9.000.000,00 (nove milhões de reais); (01) Uma área de terras, de forma trapezoidal , sem benfeitorias, situado na zona rural desta cidade, com a área superficial de 106.800,00m², partindo do ponto E, de coordenadas 491.745.482;6.719.212,610, seguindo com (100,147m) de largura na frente sul, confrontando com propriedade de Aspar – Assessoria e Participações Ltda., até o ponto B, de coordenadas 491.850.433;6.719.265,595, seguindo por (1.355,079m) até o ponto C, com coordenadas 492.030.376;6.720.608,774, confrontando ao leste com terras de Willibaldo Kinkel, também conhecido como Willy Hinkel, seguindo por (77,00m) confrontando com o Travessão de Dois Irmãos, até o ponto D, de coordenadas 491.854.058;6.720.618.998, seguindo por (1.418.954m) até o ponto E, confrontando ao oeste com ditas de Mário Edgar Muller e de Frederico R. Martini, fechando o perímetro. Tudo conforme matrícula n° 21.713, Fls. n° 01, do Livro nº 02, do Registro de imóveis da comarca de Campo Bom/RS. Avaliada em R$ 850.000,00 (oitocentos e cinquenta mil reais). TOTALIZANDO OS IMÓVEIS EM: R$ 9.850.000,00 (nove milhões e oitocentos e cinquenta mil reais) LANCE MÍNIMO: Para fins de arrematação o bem será vendido pelo maior lance, tendo a exeqüente preferência para a adjudicação na forma do artigo 888 §1ª da CLT, inadmitido preço vil. ÔNUS: A venda será livre de ônus, na forma do artigo 130, parágrafo único, do CTN, ressalvando que os débitos de natureza condominiais ficam ao encargo do arrematante, caso houverem.

LANCE INICIAL (LANCE MÍNIMO) + 10%

R$5.417.500,00

AVALIAÇÃO LANCE MÍNIMO INCREMENTO MÍNIMO

R$9.850.000,00

R$4.925.000,00

R$500,00

LANCE ANTECIPADO

ÚLTIMOS LANCES

Usuário Lance Lance + 10% Dia | Hora Tipo

Lote sem Lances

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Leilão: LEILÃO JUDICIAL - BENS MÓVEIS E IMÓVEIS

Data: 12/06/2019 - 10:00h

Tipo de Leilão: Presencial e Online

Documentos

Dados sujeitos a alteração.

  • Desenvolvido por Artistic Web

  • leilaopro